Resolução do CFM continua válida

Em post anterior mencionei que, liminarmente, membros de uma associação médica obtiveram decisão favorável na justiça, no sentido de assegurar o direito de divulgar e anunciar suas respectivas titulações de pós-graduação latu senso, desde que reconhecidas pelo Ministério da Educação e Cultura, não aplicando a exigência de resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM) e do próprio Código de Ética Médica.
.
No entanto, após apresentação de recurso, o CFM obteve resultado favorável, revertendo a decisão liminar, OU SEJA: Fica expressamente vetado o anúncio de pós-graduação realizada para a capacitação pedagógica em especialidades médicas e suas áreas de atuação, mesmo que em instituições oficiais ou por estas credenciadas, exceto quando estiver relacionado à especialidade e área de atuação registrada no Conselho de Medicina.
.
Para mais informações sobre este tema, envie mensagem via direct para @getuliogcmadv ou por email [email protected]

Fechar Menu